A Agenda Socioambiental da PUC-Rio é uma construção de muitos
16/10/2017
Admin

 Na foto, os participantes do workshop dos temas Água e Biodiversidade
Na foto, os participantes do workshop dos temas Água e Biodiversidade

Clique aqui para ter acesso a Agenda Ambiental publicada em 2009. A revisão da nova Agenda Socioambiental está em processo de finalização.

Todos os anos, o NIMA promove na PUC-Rio uma Semana de Meio Ambiente. As duas últimas, a XXII em 2016 e a XXIII em, 2017, foram dedicadas ao diálogo entre estudantes, professores e funcionários em torno da construção da nova Agenda Socioambiental da PUC-Rio.

Dezenas de pessoas se reuniram em cada um dos diversos workshops realizados nos dois eventos, que consistiram em dinâmicas de grupo para estabelecer indicadores e metas e levantar ideias de projetos que levem à sustentabilidade socioambiental da Universidade.

Dezenas de estudantes, em cada edição, se reuniram em workshops como o da foto. Outras oficinas, workshops e palestras foram proporcionadas no Campus durante os 5 dias de cada evento, elevando a participação interdisciplinar na PUC-Rio, sobretudo do corpo docente, nos temas de meio ambiente em sustentabilidade.

A programação completa da Semana de Meio Ambiente de 2016 está em http://bit.ly/20XKJgE. A da Semana de 2017, em http://bit.ly/2ppVONM.

Você pode ler, a seguir, um texto da coordenadora de extensão do NIMA, Maria Fernanda Lemos, sobre o processo, liderado por ela, de construção na nova Agenda Socioambiental da Universidade.

“A nova Agenda Socioambiental da PUC-Rio atualiza a atual Agenda Ambiental da Universidade, em vigor desde 2009. A agenda é um instrumento de gestão institucional para a sustentabilidade, pactuado pela comunidade, incluindo seus professores, alunos, funcionários e colaboradores. A construção de uma agenda está sendo realizada a partir de um processo de discussão inclusivo, colaborativo e multidisciplinar. O processo, neste caso, é central para o sucesso da própria agenda.

Após sete anos de publicação da primeira Agenda Ambiental, a PUC-Rio iniciou, em 2016, a sua revisão. O trabalho mostrou-se oportuno e necessário, tendo em vista a intenção da Universidade de avaliação e atualização continuada de seus instrumentos de gestão, mas, também, o conjunto de mudanças socioambientais ocorridas nos últimos anos, somado às novas descobertas da ciência no campo ambiental e, distintamente, à publicação da “Carta Encíclica Laudato Si’: sobre o “cuidado da casa comum”, que baliza esta revisão. A reflexão trazida pela Encíclica propõe uma visão e uma abordagem sistêmica, inclusiva e interdisciplinar sobre a crise ecológica que vivemos. Inspira um olhar renovado sobre elementos da ecologia integral, enfatizando as dimensões humanas e sociais.

A nova Agenda está sendo estruturada em sete partes: (1) Princípios, (2) Diagnóstico, (3) Diretrizes, (4) Metas, (5) Projetos, (6) Indicadores, e (7) Estratégias de Monitoramento. Foram eleitos, no processo colaborativo, onze temas a serem abordados com ênfase na Agenda. Cinco deles foram herdados da Agenda de 2009: (1) Água, (2) Biodiversidade, (3) Energia, (4) Resíduos e (5) Educação. Outros seis temas foram incorporados na nova Agenda: (1) Saúde, (2) Espaços Construídos e de Convivência, (3) Mobilidade, (4) Comunicação, (5) Resiliência à Mudança Climática e (6) Tecnologia da Informação”.


Equipe:
Maria Fernanda Campos Lemos, professora e diretora, Arquitetura e Urbanismo, coordenadora do processo participativo de revisão da Agenda
Barbara Van Erven, graduanda Engenharia Ambiental
Bruna Muricy, graduanda Engenharia Ambiental
Caroline Sampaio de Almeida, mestranda Arquitetura e Urbanismo
Conrado Carvalho, graduando Engenharia Civil, PIBIC
Fernanda Leite, graduanda, Arquitetura e Urbanismo, PIBIC.
Fernando Walcacer, professor Direito, vice-diretor NIMA
Fred Paiva, graduando Geografia, PIBIC
Hedy Silva R. de Vasconcellos, professora Educação
Henrique Delarue, graduando Arquitetura e Urbanismo, estagiário
Henrique Rajão, professor Biologia
Hugo Fuks, Professor e Diretor, Informática
Joana Meirelles, graduanda Engenharia Ambiental, PIBIC
João Pedro, graduando Ciências Sociais, PIBIC
Jorge Biochini, professor Escola Médica
Juliana Silva, Geógrafa, assessora da direção do NIMA
Letícia Ozorio, graduanda Engenharia Mecânica, PIBIC
Lilian Saback, professora Comunicação, assessoria de comunicação NIMA
Luiz Felipe Guanaes, professor Geografia, diretor NIMA
Marcos Cohen, professor Administração
Mariana Fernandez, graduanda Engenharia Ambiental
Mariana Vieira, graduanda Arquitetura e Urbanismo, PIBIC
Melissa Casacchi, mestranda Engenharia Urbana e Ambiental
Olivia Lustosa, graduanda biologia, PIBIC
Renata Alencar Lopes, mestranda Arquitetura e Urbanismo
Renato Carreira, professor Química
Romulo Barroso, professor Biologia
Roosevelt Fideles, professor
Tácio Campos, professor e diretor Engenharia Civil e Ambiental, diretor NIMA
Thaís Abreu, pós-doutoranda Engenharia Civil e Ambiental
E todos os cerca de 300 alunos, professores e funcionários que contribuíram para o desenvolvimento da Nova Agenda nas XXII e XVIII SMA da PUC-Rio.