Representantes de universidades de países amazônicos se reuniram na PUC-Rio
06/02/2019
Editor chefe

Durante os dias 3, 4 e 5 de Fevereiro de 2019, o NIMA sediou o Fórum de Preparação da Associação das Universidades Confiadas à Companhia de Jesus na América Latina (AUSJAL) para o Sínodo Amazônico. O encontro teve por finalidade elaborar um documento que, entregue ao Vaticano, ajudará a guiar as reflexões do Sínodo para a Amazônia, em outubro deste ano.

O Cardeal Dom Cláudio Hummes, OFM, presidente da Rede Eclesial Pan-Amazônica (REPAM), ressaltou a importância desse encontro das universidades jesuítas fazendo referência a uma fala do Papa Francisco. “O Sínodo precisa de um bom embasamento científico, teórico, e são as Universidades e outras instituições de ciência que devem nos ajudar nesse aspecto”

Entre os pontos mais debatidos, esteve o conceito da “Ecologia Integral”. Para Dom Hummes, a Igreja católica precisa se relançar na Amazônia principalmente na questão ambiental, se mostrando contrária ao desmatamento.O Sínodo, porém, não deve ignorar outras questões que afetam o catolicismo.

Estiveram presentes representantes de sete das universidades que compõem a Rede de Homólogos de Meio Ambiente da AUSJAL e o presidente da Associação. Além deles e do Cardeal Hummes, participaram o Pe. Josafá Carlos de Siqueira, S.J., reitor da PUC-Rio, Mauricio López, Secretário Executivo da REPAM e Pe. Alfredo Ferro, S.J., coordenador do Serviço Jesuíta Pan-Amazónico (SJPAM). A AUSJAL reúne 31 universidades e atua através de 13 redes com temáticas distintas, compostas por professores que elaboram projetos de ação conjunta que serão desenvolvidos e praticados coletivamente.