O Globo: Floresta em pé vale mais que terra para cultivo
12/12/2018
Editor chefe

Do ponto de vista do país, não faz o menor sentido desmatar mais do que já foi feito até hoje, assegura Bernardo Strassburg (professor do Departamento de Geografia e Meio Ambiente da PUC-Rio), único integrante brasileiro do painel de valorização do capital natural da Plataforma Intergovernamental sobre Biodiversidade e Serviços Ecossistêmicos, com 127 países membros.